Branding (V): Quanto gastar com branding?
Postado em | por Otávio Albano | em Branding, Empreendedorismo

Branding (V): Quanto gastar com branding

No texto da semana passada começamos a falar sobre como usar sua marca para expandir seu negócio. Mas, como sempre, para ganhar dinheiro é preciso investir. E, afinal, quanto gastar com branding?

Como o branding deve abranger a maioria das áreas da sua empresa, desde um simples papel timbrado até a maneira como você entrega seu produto ou serviço aos clientes, pode ser difícil definir um orçamento para criar e manter a marca.

Mas, ao contrário do que se pensa, é uma ótima ideia definir um orçamento para branding. Caso contrário, é fácil gastar mais dinheiro do que você gostaria.

Um orçamento irá manter o foco na marca e forçá-lo a priorizar gastos com uma estratégia eficiente de branding. Antes de gastar dinheiro, certifique-se de que o que você pretende investir ajudará a cumprir suas promessas e a promover os valores da sua marca.

As principais áreas para as quais você deve fazer um orçamento são:

  • necessidades básicas de design, como logos, papelaria, sinalização e embalagens;
  • seu ponto-de-venda ou escritório;
  • anúncios e campanhas (aqui, uma boa estratégia de branding irá indicar a melhor forma de anunciar — online ou offline — dependendo do seu público consumidor);
  • atualização do site e das mídias sociais da sua empresa;
  • treinamento de colaboradores para garantir que eles entendam sua marca e o quão importante ela é para o crescimento do negócio;
  • custos de atendimento ao cliente (antes, durante e após a venda).

Lembre-se sempre que você não precisa fazer tudo de uma vez. O mais importante (e sua prioridade número 1) é fazer com que seus funcionários entendam e entreguem o que sua marca promete. Somente assim ela terá uma boa chance de sucesso.

Você pode criar artigos de papelaria, logotipos, embalagens e publicidade de forma muito barata, se seu orçamento estiver apertado. No entanto, é uma boa ideia pensar antecipadamente sobre seu crescimento ao criar sua imagem, pois alterá-la pode custar caro caso seus clientes já associarem seu negócio a uma marca “barata” (no pior sentido do termo).

Na semana que vem fechamos a série com algumas dicas fundamentais para a gestão da sua marca. Até lá!


A METAPHOR BRANDING é uma agência de design especializada em criação e gestão de marcas.
Quer transformar o seu negócio? Entre em contato com a gente!

Deixe uma resposta